“Meu interesse em ser cotista do Saturno V advém da minha convicção do seu triunfo no mercado financeiro e da minha confiança no seu criador, pelos motivos expostos infra:
1. A base teórica sobre a qual se alicerça o desenvolvimento do produto – parcialmente exposta em numerosos artigos disponíveis em Sigma – confere-lhe grande robustez, manifesta pelos resultados altamente positivos e consistentes ora apresentados (não posso avaliar objetivamente os aspectos técnicos, mas os resultados – especialmente quando comparados aos de outras ferramentas – falam por si).
2. A robustez e a consistência do sistema asseguram a oportunidade de ganho financeiro real com risco relativamente baixo, mesmo em condições “adversas” (dobrou a carteira em meio ao desmoronamento das bolsas), o que, seguramente, tornará o produto atraente a grandes investidores e instituições financeiras.
3. O Saturno V, singular em seu gênero, foi concebido e está sendo continuamente aprimorado por seu criador, um polímata genial, hábil e idôneo a este projeto. É gratificante apostar nesta iniciativa.
4. Condicionar a participação como cotista à colaboração com entidades assistenciais foi uma atitude honorável.
5. Como sou principiante na matéria, vejo ainda uma oportunidade ímpar de aprendizado.”(fragmento de mensagem recebida via e-mail)
Por Wagner Diniz De Paula, DF, membro em Sigma Society IV, poliglota, médico, especialista em radiologia e técnicas de diagnóstico por imagem, palestrante/conferencista.
“(...) hoje terminei de ler o conteúdo do site do Saturno V. Não sou trader, mas estou com o livro do Robert Pardo em mãos neste momento. O que acho interessante é que, no site, o sr. apresentou, para os problemas abordados em artigos, soluções muito mais inovadoras e criativas que as de um dos expoentes na área de avaliação e otimização de sistemas no mundo (e o meu parâmetro de comparação é elevado, pois a Pardo Capital geralmente figura entre as 5 primeiras no ranking Barclay Hedge - 10 anos). Isso demonstra como o seu trabalho supera até mesmo as melhores expectativas que alguém possa ter quanto à qualidade e confiabilidade do sistema. Além disso, o idealismo (ajudar as pessoas que precisam) e a sinceridade (não criar expectativas irreais quanto a rendimentos) nos artigos do site fizeram-me ficar encantado com o projeto.” (fragmento de mensagem recebida via e-mail)
Marcus Paulo da Silva Cardoso, DF, advogado, trabalhou no Tribunal de Contas da União e atualmente trabalha no Senado Federal.
“É muito impressionante acompanhar o Saturno V nas contas de demonstração. Ver os resumos de desempenho disponibilizados periodicamente é bom, mas é a mesma diferença entre acompanhar uma partida de futebol pelo rádio ou pela TV. E em breve estarei acompanhando de camarote!” (fragmento de mensagem recebida via e-mail)
Por Joel Fernando Jardim Martins, DF, engenheiro eletricista com especialização em Redes Neurais, Algoritmos Genéticos, Inteligência Artificial, autor de trabalhos com ênfase em aplicações no Mercado Financeiro.
“Possuo interesse na compra de cota no Saturno. (...) Atualmente esses recursos estão aplicados no fundo Sparta Cíclico, no entanto a oportunidade de ser cotista do Saturno parece ser muito mais promissora do que continuar meu investimento na Sparta!” (fragmento de mensagem recebida via e-mail)
Por Rodrigo P. G., de Santa Catarina, investidor, empreendedor, B.Sc. em Engenharia de Automação. Rodrigo é um dos empreendedores mais talentosos e uma das pessoas de mais visão para negócios que já conheci, e será seguramente uma das pessoas mais ricas do mundo nas próximas décadas. (Nesta época o fundo Sparta havia sido premiado como o melhor do mundo no triênio, com performance acima de 1200% entre 2006 e 2009).
“Gostaria de parabenizá-lo pelo seu trabalho. Sou Eng.de Controle e Automação e desenvolvi o meu projeto final de curso na área de previsão da NYSE utilizando Redes Neurais. Li alguns de seus artigos e foram de grandiosa ajuda! Grande abraço Thiago” (fragmento de mensagem recebida por e-mail)
Por Thiago Rothen, PR, engenheiro de Controle e Automação pela PUC-PR, integrante da equipe de Newton da Costa Jr., sobre o uso de Redes Neurais para modelagem dos preços no Mercado Financeiro, especialmente na Bolsa de Nova Iorque. Newton da Costa (Sr.) é criador das Lógicas Paraconsistentes, considerado um dos maiores especialistas do mundo em Lógica e um dos maiores matemáticos do Brasil.
“Para justificar minha escolha pelo Saturno V como meu investimento primário, porque confio e atesto seu sucesso e a idoneidade de seu criador preciso voltar um pouco no tempo e explicar como cheguei a conhecer Hindemburg Melão Jr., o Saturno V e uma parte de sua trajetória até aqui.
Desde 2001, quando iniciei minha carreira como bancário, tive contato com diversos produtos de investimentos oferecidos para empresas e segmentos de alta renda. Eram produtos com valor mínimo para investimento altos e prometiam lucros acima da média. Porém, descontando a inflação os lucros eram pífios. Os produtos que eu tinha acesso para investir, então, no máximo acompanhavam a inflação, após descontar taxas, imposto e tarifas.
Eu tinha um colega que investia no Mercado de Capitais e me interessei no assunto. Em pouco tempo eu já tinha lido bastante sobre bolsa de valores e me sentia preparado para investir. Naquela época eu já tinha identificado que a estratégia de buy & hold era ineficiente no longo prazo, ou seguro a curto e médio prazo (o que confirmei no artigo “Quanto se ganha de fato com Buy&Hold”[1]). Por ser novo, empolgado, incipiente e insipiente eu comprava opções. Divertia-me com aquilo, ganha mais do que perdia mas precisava ter minha vida de volta. Passei a utilizar travas de alta e de baixa em 2003. Conseguia, dessa forma, “driblar” a restrição da Bovespa de não poder operar vendido. Era uma delícia. Ficava positivo, pagava imposto e ficava triste na sequência. Não conseguia acompanhar todos os movimentos e precisava do valor das ações que vendia a descoberto na carteira, o que limitava minha alavancagem. Queria usar meus conhecimentos em TI para automatizar minhas estratégias e consumir menos do meu tempo.
Em 2008, fui convidado para uma palestra sobre planejamento financeiro e Forex. Forex era um assunto meio que banido dos fóruns em que participava e interessei-me pelo assunto. Inscrevi-me em um curso posterior e finalmente tive acesso ao Metatrader e ao Forex. Ali estava a possibilidade de programar minhas estratégias e operar de forma automática.
Durante o curso, em 2009, o palestrante citou algumas vezes o nome do Melão como referência em backtests e estratégia. Seguramente, ouvir o nome do Melão naquele curso fez valer cada centavo investido.
Passei alguns meses só lendo e pesquisando sobre os artigos na Sygma Society, conhecendo mais sobre o Melão através de sua participação em fóruns e no Orkut. Para quem é de Exatas e apaixonado pela Ciência, foi surpreendente e gratificante finalmente encontrar alguém tão comprometido com a Verdade, Metodologia Científica, técnica e resultados.
Analisei as estratégias mais promissoras à luz da Metodologia Científica e utilizando backtests e concluí que eu necessitaria de anos de dedicação exclusiva e estudo para conseguir interiorizar todo aquele conhecimento e colocar em prática algo vantajoso. Eu precisava participar desse projeto de alguma forma. Eu sabia que estava diante de algo fantástico, denso, complexo e de muito valor. E dessa vez, diferente das outras, eu estava convencido de forma racional, técnica e científica. Não era empolgação, emoção. Não era comprar um produto com uma estratégia obscura com gestores que eu não conhecia. Não era depender de gestores humanos suscetíveis a oscilações de humor, pressões do empregador, das empresas, estresse. O projeto audacioso que eu estava diante era – nada mais, nada menos – uma modelagem do mercado financeiro de forma a predizer seus passos com uma precisão técnica acima da média.
De acordo com as pesquisas que fiz, não existe produto acessível que reúna tamanho rigor técnico-científico-metodológico quanto o Saturno V, além de uma performance invejável. Da mesma forma que ainda não conheci pessoa mais capaz intelectualmente do que o Melão, um gênio no sentido literal da palavra, que utiliza seus robustos conhecimentos em Lógica, Estatística, Heurística, Física, Inteligência artificial e tantas outras áreas do conhecimento para aprimorar constantemente essa obra-prima que analisa o mercado financeiro e gera lucros homogêneos ao passar de mais de um século. Melão é ainda muito gentil e sempre disposto a esclarecer com seus conhecimentos desde assuntos mais corriqueiros até análises conjunturais e universais. Conversar e ler o que ele produz é ver uma infinidade de detalhes se descortinando didaticamente a cada frase. Nada de tão alto nível é produzido no meio acadêmico brasileiro atualmente comparado com seus artigos e com o Saturno V. Hoje, posso dizer com satisfação que além de seu sócio sou seu amigo.
A despeito das inúmeras dificuldades técnicas e burocráticas externas, provocadas por corretoras, bancos, bridges de operação e outros, a rentabilidade, a homogeneidade de resultado e o respaldo técnico falam por si.
Minha conta mais antiga em operação, aberta em 30 de março de 2011, está com rentabilidade mensal média de 2,96% em 29 de maio de 2015 (esteve parada por cerca de 9 meses). De março de 2011 a maio de 2015 o lucro foi de +230,82% (+533,06% em reais). O Ibovespa dolarizado amarga -59,45% no período (-22,41% Ibov em reais). Um dos melhores fundos do Brasil, o Sparta Cíclico, entregou -33,97% dolarizado no período (+26,35% em reais)."
Por Guilherme Luís S. da Silva, analista do Ministério Público da União / área de TI / desenvolvimento de sistemas. Bacharel em Sistemas de Informação e MBA em Gestão de Tecnologia de Informação na Administração Pública. Sócio do Saturno V desde 2011.

"Olá Melão, como vai?
Meu nome é Gustavo, escrevi algumas semanas atrás para você, pedindo instruções para acessar a parte privativa do saturnov. Também dei algumas sugestões sobre o aspecto visual da página e como isso pode ser negativo, não importa o quão bom seja o conteúdo que exista lá.
Bom, eu acompanho a sua trajetória a algum tempo, porém de maneira intermitente. Lembro que acessei o site da sigmasociety em 2005 salvo engano. Não lembro como encontrei o site, mas estava certamente procurando informações sobre pessoas muito inteligentes. Talvez eu tenha visto a matéria do Fantástico. Gostei muito de alguns artigos que li na Sigma. Gostava mais dos temas filosóficos. Lembro que um artigo que você escreveu sobre a probabilidade de Deus existir. Achei muito interessante. Nunca havia pensado daquela forma. Lembro que você escreveu que havia enviado aquele artigo a um ateu e ele não havia respondido pois ainda estava pensando no assunto. Acho que você o converteu...
Logo após isto, eu me envolvi em muitas atividades, e acabei deixando de acessar o site da Sigma. Eu estava insatisfeito com meu salário (eu trabalhava com TI), e por isso comecei a fazer Direito, pensando em passar num concurso público, quem sabe... Enquanto isso eu trabalhava durante a semana e fazia pós-graduação em Eng. de Software durante os fins de semana. Além disso minha namorada (que veio a ser futura esposa) morava em outra cidade... era muita coisa... houve uma vez que lembrei do seu site, imaginei que haveria novos artigos, etc... procurei no google mas não lembrava o nome do site, nem o seu nome... e acabei não encontrando...
No final de 2007 passei num concurso público na área de TI, acabei mudando de cidade, desisti do curso de Direito, me casei, etc... Em 2008 (ou 2009, 2010, realmente não lembro...), eu reencontrei o site da Sigma e também o SaturnoV. Lembro que fiquei realmente impressionado com seus textos sobre investimentos. Não sei se minha memória está me traindo, mas penso que cheguei a ver algum texto seu sobre as cotas de investimento. Infelizmente minha educação financeira era muito pobre, eu tinha dificuldades em aceitar qualquer coisa diferente de poupança como algo seguro de se investir. Na época eu buscava conhecimento que me permitisse transpor esta barreira, e e encontrei isto ao ler seus textos, e alguns outros sobre investimentos. Porém isto não é algo que se pode mudar de uma hora para outra, e não era apenas eu a decidir sobre as finanças da casa. Sendo o começo de casamento, decidi buscar a "segurança da casa própria", e deixei a idéia dos investimentos para mais tarde. Mesmo lendo seus textos, vendo os dados, os backtests, eu não estava preparado na época. Pensei em enviar um email, tentar conhecê-lo pessoalmente, mas não fiz. Lembrei de outro artigo seu, comentando sobre o livro "Pai Rico Pai Pobre", em que você contesta o autor dizendo que nem todos são empreendores, e não é fácil se tornar um caso você não seja. Realmente para algumas pessoas é preciso um enorme esforço para mudar a mentalidade, e eu era uma delas.
Pensei então em economizar algum dinheiro para então investir... mas logicamente as portas do SaturnoV foram ficando mais estreitas... Isto me recorda também outro artigo que você escreveu há pouco tempo atrás, sobre um amigo seu que fez um curso sobre análise técnica e estava tentando te convencer de que aqueles "métodos" funcionavam. Lá você comentava sobre 2 pessoas que não quiseram ser cotistas num momento, e logo depois de perderem dinheiro voltaram atrás, e você as recusou. Creio que também eu perdi uma oportunidade, pois sei que mesmo que eu tivesse uma inteligência semelhante a sua, eu não tenho o tempo disponível para estudar e me dedicar a desenvolver um algoritmo/heurística que consiga ganhar consistentemente no mercado. Li seu artigo onde você cita no mínimo 10 anos de estudos, sei que eu precisaria de mais anos para aprender tudo que você colocou lá. E como já tenho família, não posso abdicar do meu emprego. Também não posso abrir mão do tempo com minha esposa e filhos, pois amo eles e não conseguiria fazer isto. E com tudo isto, trabalho e família, não resta muito tempo livre para fazer outras coisas.
Enfim, tentei buscar outra forma de investir maneira segura (uma estratégia vencedora) e automática, e, mais importante, uma que eu conseguisse acessar financeiramente. Acabei comprando um curso que ensina a investir com robôs, testar se um robô é realmente bom ou não, etc... Estou acompanhando o curso e aprendendo coisas como o funcionamento das corretoras, onde encontrar VPS grátis, ou de bom desempenho/preço, etc. Mas como eu já li muitos dos seus artigos, eu ainda não consegui investir dinheiro algum nos robôs anunciados. Meu nível de entendimento e exigência é outro, não consigo deixar de ver aqueles robôs como algo que não foi testado corretamente. É quase que uma roleta, uma aposta. A estratégia que aparentemente funciona melhor é colocar vários robôs na mesma conta. Com isso acontece que, enquanto alguns robôs estão numa fase "boa", outros estão perdendo, e na média se consegue lucrar. Alguns robôs são pausados quando dão muito prejuízo. Penso que foi pura sorte nenhum robô conseguir quebrar a conta antes de ser pausado. É algo muito perigoso. Enfim, estou aprendendo alguma coisa sobre as ferramentas, como funciona o mercado de Forex, mas não tenho a intenção de seguir tal estratégia, a não ser que encontre robôs com o mesmo nível de testes pelos quais passaram o SaturnoV. Ainda estou no começo do curso, então pode ser que mude de ideia sobre isso, caso surja algo novo além do que vi até agora. Mas por enquanto não vejo nenhum fato empírico que me convença que aquilo é algo promissor.
Estava então tentando pensar em outra solução sobre como investir. E então vi a oportunidade de ser um revendedor/divulgador do sistema SaturnoV. Gostaria de me candidatar nesta oportunidade. Já li muitos artigos do site, e bem, tenho que ser sincero, algumas partes dos seus artigos são de um nível matemático/científico incrivelmente alto, acho normal eu não entender tudo de maneira clara. Mas tenho conhecimento o suficiente para reconhecer os fatos apresentados. O produto é excelente. Sobre ser divulgador, gostei das suas diretrizes, como enviar sugestões de pauta para revistas especializadas , programas de TV, etc... Também poderia postar seus artigos em grupos da Internet que tratam sobre investimentos automatizados. Talvez surja uma discussão nestes grupos que leve os membros a compreender e divulgar também o SaturnoV.
Também gostaria de fazer novas sugestões a você sobre seu marketing pessoal e do produto. Tem que mudar aquele site urgente. E seria importante também retirar os vídeos do youtube que mostram você em outras atividades que não tem relação com investimentos, como imitar o Michael Jackson, ou manusear armas orientais. Tira sua credibilidade. Até aquele vídeo novo que tem uma pessoa te entrevistando não ficou bom. Dá para ver o reflexo dele na janela da sacada, o microfone é embutido na câmera, enfim... eu gostei um pouco da entrevista, mas ficou algo muito amador. Infelizmente isto tira sua credibilidade e do SaturnoV. Os artigos que você publica dentro do SaturnoV deveriam ser todos diretamente ligados a investimentos. Todos os outros deveriam ser parte de outro site, talvez o Sigma, ou algum blog pessoal. São muito bons, mas não tem uma relação direta com investimentos, e novamente isto atrapalha sua credibilidade.
Outra coisa que julgo importante fazer é tirar aquelas certificações da CVM e poder gerenciar seu próprio fundo de investimentos. Se você já tivesse isto seu nome estaria na capa da InfoMoney e outras publicações do meio. Eu vi a capa da edição do mês passado, que mostrava um fundo operado por robôs como sendo o mais lucrativo do Brasil atualmente. Não comprei a revista, nem lembro do nome da empresa, mas lembro que entrei no site deles, e lá consta que o fundo existe há 3 anos, ou algo assim, não há nada sobre backtests, forward tests, e o tal recorde deles era apenas do último ano. Era o SaturnoV quem tinha que estar na capa.
Bom, é isso...
Um forte abraço,
Gustavo" (Mensagem recebida por e-mail em 21/06/2015)
Por Gustavo Lolis, graduado em Ciência da Computação, pós-graduado em Engenharia de Software e Banco de Dados, Analista de Tecnologia da Informação na Justiça do Trabalho do Paraná.
“Há pouco mais de um mês fechamos mais um ano de operação do SaturnoV em minha conta. Grato mais uma vez.”
Por André Gâmbaro, SP, matemático pela Unicamp, consultor sênior na Ernst & Young e um dos sócios mais antigos do Saturno (desde 2009).
“Antes de qualquer coisa você merece os parabéns pelo trabalho que vem fazendo. Belo trabalho de validação, testes exaustivos e análise, eu nunca vi nada parecido. Faço engenharia de controle e automação e garanto que o nível dos trabalhos que tenho visto na minha faculdade (Unicamp) são praticamente piada perto do que você tem publicado nos artigos. Mais do que a chance de ganhar dinheiro, ver os artigos me deu uma vontade tremenda de estudar estatística. Venho estudando o textbook da statsoft com afinco, ele é infinitamente superior ao livro que usei no curso de estatística básica da faculdade. A faculdade tinha conseguido matar a minha vontade de estudar exatas e eu só vinha estudando o que não tinha relação direta com ela, como literatura e poesia. Graças a você eu revivi o gosto pela matemática que tinha quando estudei geometria euclidiana por conta própria.”(fragmento de mensagem recebida via e-mail)
Por Thiago Pereira Meirelles, SP, estudante de Engenharia de Automação na Unicamp.